quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Mudanças na Copa Libertadores e Copa Sul-Americana a partir de 2017

28-09-2016
A Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana são as duas principais competições entre clubes da América do Sul, sendo equiparadas com a Liga dos Campeões e a Liga Europa no velho continente. Porém, mesmo sendo parecidas no quesito de importância para o futebol do seu respectivo continente, a Libertadores possuía algumas diferenças da Liga dos Campeões, assim como a Sul-Americana para a Liga Europa.
Essas diferenças deixarão de existir a partir de 2017. Na última terça-feira (27) foi realizada na cidade de Assunção, no Paraguai, uma reunião entre o Conselho da Conmebol (entidade máxima do futebol sul-americano), ex-Comitê Executivo da entidade. Na reunião, o comitê decidiu algumas
mudanças importantes quanto ao formato das Copas Libertadores e Sul-Americana, deixando as principais competições do futebol sul-americano com um formato parecido a das principais competições europeias. 

Segundo o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, as mudanças serão feitas para “harmonizar os calendários de competições com os torneios locais de cada país”, além da expectativa de que com as alterações, haja um aumento do dinheiro a ser distribuído entre os clubes participantes, algo muito reivindicado.

As mudanças
Entre as mudanças anunciadas para a Copa Libertadores está o aumento do número de clubes participantes, dos 38 clubes atuais passarão a ser 42 clubes, porém, ainda não foi decidido quantas equipes representarão cada país.
Além dessa mudança, a Copa Libertadores de 2017 passará a ser disputado durante quase todo o ano, entre fevereiro e novembro, contando com 42 semanas no calendário continental, sendo que antes eram apenas 27 semanas. Com essa extensão no período de disputa da Copa Libertadores, a equipe que se consagrar campeã do torneio terá apenas um mês até a disputa do Mundial de Clubes.
Já que citamos a final da Copa Libertadores, temos que citar a mudança que ocorrerá nesta etapa do torneio. A Conmebol anunciou que a final da Libertadores será realizada em partida única e em campo neutro (igual a Uefa Champions League), já que antes era disputada em partidas de ida e volta, com os dois finalistas tendo a oportunidade de jogar em casa.


Além das mudanças para a Copa Libertadores, foram anunciadas na terça-feira alterações para a Copa Sul-Americana. A primeira mudança para o torneio é que será disputado entre junho e dezembro, acrescentando um mês a competição. 
Além disso, a Conmebol copiou o que acontece entre a Liga dos Campeões e a Liga Europa, onde os eliminados na fase de grupos da Champions League são classificados para as oitavas de final da Liga Europa. No caso dos torneios sul-americanos, as dez equipes que não conseguirem avançar para as oitavas de final da Copa Libertadores conseguirão vagas na Sul-Americana. Vale destacar que os campeões dos dois campeonatos, tanto da Libertadores quanto da Sul-Americana, garantem suas vagas na próxima edição da Libertadores.

Atual campeão
Em julho deste ano o futebol sul-americano conheceu mais um campeão da Copa Libertadores, o clube colombiano Atlético Nacional de Medellín.
Enfrentando o equatoriano Independiente del Valle na grande final, o Atlético conquistou o título depois das partidas de ida e volta da final, onde conseguiu um empate fora de casa por 1×1 e fez o seu dever de casa, vencendo o Independiente por 1×0 e consagrando-se bicampeão da Libertadores, já que tinha conquista o título pela primeira vez em 1989.
Tendo como principal destaque durante a Libertadores o atacante Miguel Borja, que marcou cinco gols durante a competição, sendo o artilheiro da equipe campeã. Com a campanha de 2016, o Atlético Nacional conseguiu a melhor campanha de uma equipe na Copa Libertadores, conquistando ao total 33 pontos. Com esse resultado, a equipe ultrapassou o Boca Juniors de 2003, quando a equipe argentina atingiu 32 pontos conquistados na sua campanha campeã. Durante toda a Copa Libertadores de 2016, o Atlético conseguiu dez vitórias, três empates e apenas uma derrota, resultando em 33 pontos conquistados e um aproveitamento de 78,6% dos 42 pontos disputados. A única derrota da equipe campeã foi na partida de ida das quartas de final para o Rosário Central por 1×0, sendo que na partida de volta o Atlético conseguiu reverte o placar vencendo em casa por 3×1 e prosseguindo na competição.

RESUMINDO:
Mudanças previstas para a Copa Libertadores 2017:
- Passa a ser disputada entre fevereiro e novembro, em 42 semanas (não mais em 27);
- Final em jogo único e campo neutro (sede eleita com antecedência);
- Elevação de 38 para 42 participantes;
- Dez clubes que não avançarem às oitavas de final jogarão a Sul-Americana do mesmo ano;
- O campeão continua tendo o direito de entrar na fase de grupos do ano seguinte

Mudanças previstas para a Copa Sul-Americana 2017:
- Será disputada entre junho e dezembro;
- Dez clubes da Libertadores entrarão nos mata-matas;
- O campeão da Sul-Americana entra na fase de grupos da Libertadores do ano seguinte

OPINIÃO:
De fato, vai ser MUITO INTERESSANTE acompanhar a Libertadores assim como a Sulamericana, eu particularmente gostei bastante dessas mudanças, com essas essas novidades teremos um integração melhor entre as duas competições como no formato Europeu. O alongamento sobretudo da Libertadores e o acréscimo de equipes, deve tornar o torneio ainda mais competitivo, uma vez  que o futebol Sulamericano está cada vez mais forte, a prova disso é o atual campeão Colombiano Atlético Nacional, mas quem tem a ganhar é o torcedor, e sobretudo o apostador que passará a ter um leque bem maior de opções de apostas! que venha 2017!

FONTES:
http://www.apostasesportivasonline.net/mudancas-na-copa-libertadores-e-copa-sul-americana-2016/

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/futebol-internacional/2016/09/27/noticia_futebol_internacional,354835/conmebol-muda-formatos-das-copas-libertadores-e-sul-americana-ja-para-2017.shtml


Nenhum comentário:

Postar um comentário

CAMPEONATO BRASILEIRO

PRÓXIMOS JOGOS